Foto: Reprodução / greenprophet
O número é cada vez maior de adeptos aos estilos vegano e vegetariano – Foto: Reprodução / Greenprophet

Um relatório publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), na última segunda-feira (26), que revela que o consumo de produtos embutidos, como salsicha, bacon, presunto e linguiça aumenta o risco de câncer em humanos, colocou em tese, se faz bem a alimentação à base de carne, ou se é mais saudável a alimentação que exclui produtos de origem animal. Tal discussão, destacou ainda mais a luta de pessoas vegetarianas e veganas a favor de dietas alternativas sem o uso de carne.

Mas você sabe a diferença entre vegano e vegetariano? Os dois tem em comum a alimentação sem o consumo de carne, mas o conceito é diferente.

talitta
A nutricionista Talitta Reis – Foto: Arquivo / AGORA MT

Em entrevista a nossa equipe de reportagem, a nutricionista Talitta Reis explica a diferença entre estes grupos. O vegetariano se define por aquele que não consome carnes, mas consome leite, derivados, ovos. Já o vegano, tem todo um estilo de vida, ele não consome e não usa nada de origem animal (carne, ovos, leite, mel, lã) e nem produtos cosméticos testados em animais. Para esse grupo, entra também a questão ética de libertação e a não exploração de animais.

Leia também:  Compare mamão papaia e mamão formosa

Ela explica que motivo que tornar as pessoas veganas ou vegetarianas é muito variável. “A maior parte faz essa escolha devido ao número de animais que morrem (as vezes de forma cruel com dor e sofrimento) para alimentar o ser humano. Estima-se que 500 mil animais morrem nos EUA por hora. Essas pessoas se baseiam no pensamento que os animais tem o mesmo direito a vida que um ser humano. Outro motivo também é o fato que 80% do desmatamento do mundo ocorre para desenvolvimento da pecuária,” ressalta a nutricionista.

O jovem Flávio Rosa, 23 anos, adotou o vegetarianismo há cinco anos após vários questionamentos quanto aos hábitos. “Quando criança nossa empatia com os animais é praticamente automática. Com o passar do tempo, conforme vamos crescendo e recebendo estímulos dos adultos ao nosso redor, isso acaba por adormecer e deixamos aquela consciência de lado,” conta Rosa.

Leia também:  As origens cerebrais da corrupção

Ele conta a reportagem que a mudança foi brusca, porém não foi tão dificil se readaptar já que passou por um momento de reflexão e questionamentos. Flávio ainda explica que documentários, filmes, artigos sobre o assunto serviram de suporte para essa mudança. “Em um dia eu comia carne normalmente, no outro ja nao sentia mais nem vontade,”.

Apesar de não consumir mais carnes, Flávio busca agora um novo passo adotar o estilo de vida vegano.
“Ainda não me encontro satisfeito com meus hábitos, minha vontade mesmo é me tornar vegano, e um dia eu chego lá. Minha maior dificuldade é abandonar o consumo de derivados de leite e ovo, pois praticamente tudo que se encontra no mercado contém esses derivados e os locais que vendem produtos livres derivados ainda são poucos, e com a concorrência baixa os preços acabam sendo elevados,” ponderou Flávio.

Apesar da restrição nos alimentos, a nutricionista Talitta Reis ensina que alguns alimentos possuem alto teor de proteína e podem substituir a proteína animal:

Leia também:  Álcool pode ser mais prejudicial para as mulheres

-Leguminosas: Feijões, ervilha, lentilha, grão de bico, soja.

-Sementes oleaginosas: Semente de abóbora, semente de girassol, gergelim, pistache, amêndoas, castanha de caju.

-Cereais integrais: Arroz integral, quinoa.

-Brócolis, espinafre, aspargos

Receitas
Em uma página do Instagram, a nutricionista vegetariana Alessandra Luglio disponibiliza vários pratos coloridos e de dar água na boca. Confira duas receitas.

Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram
Foto: Reprodução / Instagram

Feijoada vegana. O modo de preparo da feijoada vegana é muito parecida com a feijoada tradicional, o que muda são os ingredientes. Segundo a nutricionista a quantidade fica a critério de cada um.

Ingredientes da feijoada:
– Feijão Preto
– Cebola
– Alho
-Coentro
– shitakes frescos
-Abóbora japonesa descascada em cubos
– Tofu defumado (eu gosto de usar o da Ecobras – http://www.ecobras.com.br/)
– Coco fresco
– Azeite de oliva
– Fumaça líquida (usei a fumaça natural em spray da marca Bombay, vende pelo site da marca – https://bombayherbsspices.com.br/)
– sal

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.