Joeli Sandra Santos coordenadora do hemocentro ROO.Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Joeli Sandra Santos coordenadora do hemocentro – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Com estoques baixos, o Banco de Sangue em Rondonópolis (MT) faz um apelo à importância da doação. No período de férias, os estoques de toda a região sofrem com a falta de doadores. Mesmo fazendo ações durante todo o ano o hemocentro da cidade precisa que a sociedade doe sangue para reforçar esse período de festas, momento em que se aumenta a demanda devido aos acidentes de trânsitos, entre outros acontecimentos.

De acordo com a bióloga Joeli Sandra Santos Klinaschewsk todos os tipos sanguíneos são importantes, mas o tipo sanguíneo negativo é o sangue que mais falta no hemocentro da cidade.

“O estoque já está baixo, principalmente o tipo sanguíneo negativo. Durante o fim de ano, muitas pessoas que são doadoras viajam e o estoque fica com falta. Estamos convocando alguns doadores através de ligações e esperamos que os que puderem, venham” explica a bióloga.

Leia também:  Chuva e vento fortes provocam estragos em Rondonópolis
Aline Fagundes doadora de sangue.Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Aline Fagundes doadora de sangue – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Aline Fagundes, 22 anos, que possui o tipo sanguíneo A negativo resolveu doar nesta sexta-feira (11). Além de doar ela aproveitou para convidar uma amiga. “É muito gratificante saber que estamos ajudando. Me ligaram e eu dei um jeito de vir. Aproveitei e trouxe uma amiga para doar também” diz Aline.

A quantidade de bolsas em estoque duram até o dia 29 de dezembro, após esse período serão descartados. Cada bolsa dura 35 dias.

Bolsa de sangue em estoque.Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Bolsa de sangue em estoque – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

O hemocentro de Rondonópolis fica localizado na rua Rio Branco, nº 2.802, próximo ao Pronto Atendimento. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h as 18h30, sem intervalo para o almoço.

Condições básicas para doar sangue:

Leia também:  Habilitação da UPA é divulgada no Diário Oficial da União

1.Sentir-se bem com a saúde.
2.Apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.
3.Pesar acima de 50 quilos.
4.Ter entre 16* e 67 anos de idade
*Podem ser aceitos candidatos à doação de sangue com idade de 16 a 17 anos com o consentimento formal do responsável legal, para cada doação.
5. Repouso mínimo de 6h na noite anterior;
6. Estar alimentado, com intervalo de duas horas após o almoço;
7. Evitar alimentos gordurosos;
8. Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;
9. Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;
10.Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
11.Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;
12. Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;
13. Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de 3 meses para os homens e de 4 meses para as mulheres.

Leia também:  1° Aterro Sanitário de MT é inaugurado em Rondonópolis

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.