O secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, recebeu, nesta terça-feira (22), representantes de 30 famílias que vivem em três assentamentos rurais em Chapada dos Guimarães. Eles estavam acompanhados pela ex-deputada federal Thelma de Oliveira.

O grupo quer o auxílio do governo de Mato Grosso para regularizar as terras, que pertencem a Furnas, empresa de geração de energia elétrica vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

As famílias já propuseram a compra dos lotes, mas foram informadas de que a legislação impede a cessão de bens da empresa a particulares.

Para o presidente da Associação Central de Apoio aos Agricultores Familiares de Chapada dos Guimarães, Antônio José Leite Filho, uma possível saída seria o Estado adquirir a área e repassá-la às famílias.

Leia também:  Governo do Estado inaugura escola militar em Juara

“São famílias trabalhadoras que não querem nada de graça. Só querem ter o direito de ficar na terra e a possibilidade de pagar por ela”, afirmou.

O agricultor Célio Goertz Xavier disse que, sem o título de propriedade, os moradores dos assentamentos não conseguem viabilizar fontes de renda.

“É uma região onde plantam bastante mandioca e há criação de porcos. Poderíamos fazer salame, linguiça e muitas outras coisas, mas falta respaldo.”

Após ouvir as demandas, o secretário da Casa Civil disse que solicitará à Procuradoria-Geral do Estado (PGE) uma solução legal para a questão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.