Homem é assassinado as margen do lago municipal Foto Aparecido Marden
O homicídio ocorreu no feriado de Natal –  Foto Aparecido Marden

O mecânico Leonardo da Cruz Farias, 21 anos, se apresentou, na tarde desta segunda-feira (28), à delegacia de Polícia Civil em Alto Taquari. Acompanhado do advogado, o rapaz confessou ser o autor do homicídio que vitimou Reinaldo de Souza, no feriado de Natal, dia 25, no Lago Municipal. Com o depoimento, Leonardo descarta a suspeita de que Carlos Henrique, vulgo ‘Paraguaio’ seria o autor de efetuar o disparo que resultou no crime.

Conforme informações da Polícia Civil, no depoimento o acusado relatou que ele estava em um luau, acompanhado do irmão e de ‘Paraguaio’.  Quando por volta das 6h, o irmão de Reinaldo teria se desentendido com eles. A briga, segundo a PJC, teria sido iniciada em decorrência do trânsito no local da festa.

Leia também:  Pedra Preta | Quadrilha é detida comercializando entorpecentes na Vila Goiás

Após a discussão, o indivíduo deixou o local e retornou mais tarde acompanhado de Reinaldo. Segundo o suspeito do homicídio, os irmãos chegaram armados com um facão e um podão e iniciaram uma luta corporal com ‘Paraguaio’. Neste tempo, segundo o relato, ‘Paraguaio’ acabou caindo e foi atingido por uma arma branca. De acordo com o acusado, em defesa do amigo, ele efetuou cinco disparos para o alto, momento em que todos fugiram do local.

Contudo, ao se sentir ameaçado por Reinaldo que seguia em sua direção, Leonardo atirou atingido o peito da vítima.

Após o depoimento, Leonardo foi liberado e aguardará decisão judicial. Segundo a PJC, o irmão do acusado, identificado como Mateus continua preso. Já ‘Paraguaio’ deve se apresentar nos próximos dias.

Leia também:  Dois são presos por fraude, receptação e documentação irregular em Rondonópolis

Leia também – Homem é assassinado no feriado de Natal

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.