O projeto de biodigestor anaeróbico da Escola Estadual Pedro Neca venceu a etapa regional do prêmio “Respostas para o Amanhã”. A ação dos 22 estudantes do 1º ano do Ensino Médio da unidade escolar transforma fezes bovinas e suínas em gás de cozinha. Agora, a escola localizada na zona rural de Porto Esperidião (a 342 km de Cuiabá) conta com o voto popular na página do prêmio para vencer a etapa nacional e conquistar, além do reconhecimento, 40 notebooks.

“Imagina a nossa emoção. Estamos em uma gleba, longe dos grandes centros, e desenvolvemos um dos cinco melhores projetos do país. Isso demonstra que a escola está fazendo a diferença na vida desses jovens e do distrito”, avalia o professor orientador do projeto Adair José Pereira. Ele leciona matemática e física na escola e foi provocado pela coordenadora da unidade a se inscrever na ação junto com os estudantes do 1º ano do ensino médio.

Leia também:  Parceria oferece atendimento jurídico gratuito nas unidades do Ganha Tempo

A decisão do trabalho foi embasada em vários fatores, como a existência em grande escala da matéria prima, o esterco, já que a principal atividade econômica do Distrito Pedro Neca é a pecuária. Além disso, o biodigestor combate a emissão de gases poluentes, gera energia limpa e renovável, com baixo custo e os resíduos do processo de fermentação são usados como um biofertilizante para a produção de hortaliças na escola.

O professor explica que o projeto piloto é desenvolvido na casa de uma moradora da comunidade. “Nós usamos o biodigestor para produzir o biogás de cozinha na casa da dona Eva. Ela é aposentada, tem pouca renda e usava o fogão a lenha, o que além de necessitar de poda ou corte de árvore fazia muita fumaça, situação que prejudicava a saúde dela”. Na casa da idosa foi produzido o vídeo que comprova que o experimento funciona, enviado aos organizadores do prêmio.

Leia também:  Após grampos clandestinos Juiz manda prender ex-comandante e cabo da PM de MT

Desde então, votar nos colegas é a principal atividade das cerca de 400 crianças e adolescentes que estudam nos ensinos fundamental e médio na sede da escola e nas salas de extensão, brinca o professor.

Premiação

A 2ª Edição do Prêmio Respostas para o Amanhã propõe aos estudantes do Ensino Médio da rede pública a realização de projetos científicos que apresentem soluções simples para melhorar o local onde vivem, contribuindo para uma sociedade mais sustentável.

A ação é promovida pela Samsung com a coordenação Centro de Estudos e Pesquisas – educação, cultura, ação comunitária (Cenpec), apoio da Unesco, do Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Educação), da Organização das Escolas Ibero-Americanas (0EI), Reduca (Rede Latino Americana pela Educação) e Youth Voices Adobe.

Leia também:  UNEMAT divulga lista de aprovados do vestibular 2017/2

Os vencedores da etapa nacional ganharão medalhas, tablets, e smartphones. Como a escola Pedro Neca já venceu a etapa regional, o professor orientador do projeto Adair José Pereira já foi premiado com um notebook e uma câmera fotográfica da Sansumg, patrocinadora do evento.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.