Fotos: Flickr/ StreetSense – CC BY-NC-SA 2.0
Fotos: Flickr/ StreetSense – CC BY-NC-SA 2.0

Chega de medo ou vergonha. O brasileiro poderá fazer seu teste de HIV com mais facilidade e privacidade.

As farmácias brasileiras devem começar a vender testes para detecção do vírus a partir do primeiro semestre de 2016.

A novidade foi anunciada nesta terça-feira (1º) pelo Ministério da Saúde em coletiva de imprensa para divulgar os dados mais recentes sobre Aids no Brasil.

“Espera-se que, até o final do primeiro semestre do ano que vem, qualquer brasileiro possa comprar seu teste de HIV na farmácia, levar para casa e fazer o teste”, disse o médico Fábio Mesquita, diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

Até o momento, testes de HIV eram feitos somente com intermédio de profissionais de saúde em laboratórios, centros de referência e unidades de testagem móvel.

Leia também:  Agosto registra mais de 35,45 mil novas vagas de trabalho formal no país

A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que autoriza o registro de produtos para autoteste de HIV foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo Mesquita, os testes de farmácia devem alcançar um nicho da população que deixa de se testar por vergonha de ir a um serviço de saúde ou pedir o exame ao seu médico.

O preço do teste não foi revelado, mas há informações de que custaria algo em torno R$ 8 a R$ 10.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.