Jon Jones- Foto: Reprodução redes sociais
Jon Jones- Foto: Reprodução redes sociais

Jon Jones está voltando, e com um shape novo. A forma física do ex-campeão dos meio-pesados está em transformação para seu retorno ao UFC, após as confusões de uma batida de carro que o deixou em liberdade condicional por 18 meses. O norte-americano vem postando vídeos e fotos levantando MUITO peso e já provou em um antes e depois que a evolução é espantosa. Mas nem todos estão impressionados. O campeão Daniel Cormier, que deve ser o rival da volta de Jones, está até achando bom – mas levou uma retrucada de “Bones” em seguida.

Em entrevista ao MMA Fighting, Cormier explicou que os ganhos de massa magra de Jones podem ser prejudiciais. E que Jones não devia mexer com o que a “Mãe Natureza” criou.

Leia também:  Luve perde e está de volta à Zona da Degola

“Talvez ele sinta que ao ficar mais forte isso fará dele um melhor lutador”, afirmou Cormier. “A realidade é que, quando vi ele ficando tão ‘bombado’, como competidor, pensei, ‘uau, isso não é ruim para mim!’. Isso não é ruim para mim, como adversário, porque o Jon Jones que era magrinho e não era dos mais fortes funcionava perfeitamente.”

Cormier prosseguiu: “Tudo funcionava. Do jeito que seu corpo era, dava certo. Isso o permitia trabalhar na distância, lhe dava ótima velocidade. Permitia que ele fosse ágil e veloz. Vendo agora ele superforte eu pensei: ‘Bem, talvez isso o desacelece. Talvez ele não seja mais o cara mais rápido. Talvez esse cara esteja mexendo com um presente que lhe foi dado’. Um presente que, na verdade, é perfeito”.

Leia também:  Dom Bosco marca jogo para às 9h no domingo pela Copa FMF

Jon Jones ficou sabendo das declarações do novo dono do “seu” cinturão e retrucou.

“Se você honestamente acha que transformar 5 kg de gordura em músculo vai me desacelerar, está tristemente enganado. Aprecio suas preocupações, DC. Nós vamos ver quão lento eu estou quando eu surrar sua bunda de novo. Acredite, estou cercado de profissionais, não somos ingênuos. DC tenta falar do físico, mas se esquece de dizer como vai lidar com meu mental”, escreveu ele, no Twitter.

Cormier e Jones ainda não tem data para se enfrentar. Na primeira luta entre eles, no começo do ano, Jones venceu por pontos. Espera-se que eles voltem a lutar em abril, sendo que o local favorito é Nova York – local em que o UFC ainda trabalha para contornar a proibição de realização de eventos de MMA.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador está com inscrições abertas até segunda

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.