Luiz Costa/Fotos Públicas
Luiz Costa/Fotos Públicas

O governo também vai ampliar o programa de informações sobre o mosquito, preocupado com as chuvas de fim de ano e a grande movimentação de pessoas pelo País. A recomendação aos viajantes é que, antes de saírem de suas casas, façam uma vistoria para eliminar os recipientes que possam acumular água parada e servir como criadouro, como explica o secretário de Vigilância em Saúde, Antônio Nardi.

— É importante fazer um grande apelo à sociedade: antes de sair de férias, descarte corretamente latas, garrafas, embalagens de presentes, todo e qualquer recipiente que possa acumular água parada. Casa vazia não pode servir de criadouro do mosquito. Dessa maneira, com a ajuda de governos federal, municipal e toda a população, vamos fazer uma grande mobilização nacional para combater o mosquito.

Leia também:  Primeiro paciente brasileiro a tomar vacina contra o câncer demonstra sinais de melhora

O ciclo de reprodução do mosquito pode levar de 5 a 10 dias.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.