Nocaute de Dos Anjos em Cowboy- Foto : Reprodução
Nocaute de Dos Anjos em Cowboy- Foto : Reprodução

Rafael dos Anjos defendeu seu cinturão peso leve do UFC no último sábado (19), em evento na Flórida (EUA), e mais do que isso: ratificou evolução na organização com nocaute arrasador em Donald “Cowboy” Cerrone, com apenas 66 segundos de luta.

O brasileiro de 1,73 metro encarou um dos adversários mais altos da categoria – Cerrone mede 1,85m – e ainda assim conectou 26 golpes significativos no pouco tempo dentro do octógono, média próxima a um ataque a cada dois segundos.

Para além, nos seus últimos 3 combates, contra Nate Diaz, Anthony Pettis e Donald Cerrone, atingiu os oponentes contundentemente 193 vezes – e sofreu apenas 71 toques. Na ofensiva, nestes duelos, apresenta média de 6,2 ataques por minuto (ou um a cada 10 segundos) no octógono.

Os dados fornecidos pelo site especializado fightmetric.com se fazem relevantes quando comparados aos do começo da trajetória do atleta no Ultimate.

Leia também:  União estreia neste domingo no Brasileirão série D

O brasileiro, faixa preta de jiu-jitsu, demorou a aprimorar a trocação do seu jogo. Só o fez sob a tutela do técnico Rafael Cordeiro e a partir dos treinamentos focados em muay thai, na Evolve MMA, academia na Tailândia.

Não é à toa que Dos Anjos chegou à luta do último sábado, a despeito do crescimento recente de desempenho no quesito, com a média baixa de 0,05 golpe significativo aplicado por segundo, de acordo com o site oficial do UFC.

O niteroiense perdeu 4 das suas 8 primeiras lutas na franquia, entre 2008 e 2011. No período, encaixou o maior número de ataques contra Rob Emerson, 52 em 15 minutos. Sua média em pé era de 0,03 golpe contundente desferido por segundo (ou 2 por minuto) no cage.

A virada em sua estratégia começou em 2012. Confira abaixo:

Leia também:  União vence e avança na série D

Desempenho de Dos Anjos no UFC
2008

x Jeremy Stephens / derrota por UD: aplicou 9 golpes em 10m39s

2009

x Tyson Griffin / derrota por UD: aplicou 26 golpes em 15 min

x Rob Emerson / vitória por UD: aplicou 52 golpes em 15 min

2010

x Kyle Bradley / vitória por UD: aplicou 42 golpes em 15 min

x Terry Etim / vitória por finalização: aplicou 25 golpes em 9m30s

x Clay Guida / derrota por submissão: aplicou 17 golpes em 11m51s

2011

x George Sotiropoulos / vitória por nocaute: aplicou 2 golpes em 59 seg

x Gleison Tibau / derrota por SD: aplicou 25 golpes em 15 min

– Até aqui, somava 198 ataques em 5.579 segundos em ação. Média de 0,03 por segundo (ou 2 por minuto).

2012

x Kamal Shalorus / vitória por finalização: aplicou 5 golpes em 1m40s

x Anthony Njokuani / vitória por UD: aplicou 51 golpes em 15 min

Leia também:  Estreia de Pelé pela seleção brasileira completa 60 anos

x Mark Bocek / vitória por UD: aplicou 54 golpes em 15 min

2013

x Evan Duham / vitória por UD: aplicou 66 golpes em 15 min

x Donald Cerrone / vitória por UD: aplicou 39 golpes em 15 min

2014

x Khabib Nurmagumedov / derrota por UD: aplicou 20 golpes em 15 min

x Jason High / vitória por nocaute: aplicou 36 golpes em 8m36s

x Ben Henderson / vitória por nocaute: aplicou 18 golpes em 2m31s

x Nate Diaz / vitória por UD: aplicou 77 golpes em 15 min

2015

x Anthony Pettis / vitória por UD: aplicou 90 golpes em 15 min

x Donald Cerrone / vitória por nocaute: aplicou 26 golpes em 1m06s

– Entre 2013 e 2015, desferiu 482 golpes em 7.133 segundos em ação. Média de um a cada 0,067 segundo (ou 4 por minuto).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.