Objetos apreendidos em operação- Foto: PJC
Objetos apreendidos em operação- Foto: PJC

Trinta e uma ordens judiciais, entre mandados de busca e apreensão e prisão temporária, foram cumpridas em uma operação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, realizada nesta terça-feira (22), nos municípios de Confresa (1.160 km a Nordeste) e Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste).

No total, 12 pessoas tiveram os mandados de prisão cumpridos e 19 foram presas em flagrante com drogas, armas, munições e dinheiro.

Objetos apreendidos em operação- Foto: PJC
Objetos apreendidos em operação- Foto: PJC

A operação denominada “Estrela”, deflagrada pela Delegacia Regional de Confresa, tinha como objetivo o combate aos crimes de tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo, descaminho, roubo, homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo. A ação foi realizada durante a operação Boas Festas, desencadeada pelas 13 unidades regionais da Polícia Civil no interior do Estado.

Leia também:  Dupla é condenada por matar amante de mulher a mando do sogro dela em MT

O trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar reuniu 65 policiais e 21 viaturas, resultando no cumprimento de 19 mandados de busca e apreensão domiciliar em pontos investigados pela Polícia, 12 de prisões temporárias, 19 prisões em flagrante, de pessoas envolvidas com os crimes de tráfico de drogas, associação pra o tráfico, posse irregular de armas e munições e descaminho.

Na ação, foram apreendidos 14 quilos de entorpecentes, entre pasta base e maconha, 12 armas, cerca de 5 mil munições de diversos calibres e mais de R$ 15 mil em dinheiro.

De acordo com o delegado regional de Confresa, Marcos Aurélio Dias Leão, a Polícia já tinha um planejamento operacional baseado em indícios de crimes, levantados durante investigações.

Leia também:  Mulher é detida por embriaguez e por não respeitar a lei do silêncio

“Desta forma, o resultado foi acima do esperado, conseguindo êxito nos cumprimentos dos mandados, além das apreensões e prisões de pessoas em situação de flagrante. Com isso, gerando uma sensação de segurança para a sociedade durante as festas de final de ano”, destacou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.