Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

Uma suspeita de bomba fechou as estações Guaianases e Corinthians-Itaquera da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), da Linha11–Coral, na Zona Leste de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (11).

 

 

 

 

A estação foi esvaziada e as plataformas estavam sem passageiros desde o início da manhã. A circulação de trens estava interrompida entre as estações Tatuapé e Antonio Gianetti às 8h10. Os trens ainda circulavam entre Brás e Tatuapé e entre Antônio Gianetti e Estudantes.

Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo a CPTM, um técnico localizou um celular com um objeto atado a ele na plataforma da estação Guaianases. O Grupo de Operações Táticas Especiais (Gate), da Polícia Militar, foi acionado e, às 8h30, estava na estação.

Leia também:  Sérgio Cabral será transferido para penitenciária de segurança máxima em MS

Logo depois, a CPTM recebeu a informação de que havia outra suspeita de bomba na linha 11 Coral, desta vez na estação Itaquera. Segundo a companhia, celulares com tubos foram deixados em lixeiras da estação. De acordo com a PM, na Avenida do Contorno, na Zona Leste, também foi encontrado um objeto suspeito em uma lixeira.

 

Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

A estação Itaquera do Metrô, na linha 3 Vermelha, funciona normalmente. Já a transferência gratuita entre o Metrô e CPTM foi aberta na estação Tatuapé.
Ônibus foram destacados para fazer o trajeto entre as estações Tatuapé e Antonio Gianetti Neto. Dez linhas de ônibus municipais que seguem no sentido Centro iam até a estação Itaquera.

Leia também:  Comando da PM solicita apoio das Forças Armadas para prender assassinos que matou coronel
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.