Ananias Filho - Foto: AGORA MT
Ananias Filho – Foto: AGORA MT

O ex-prefeito de Rondonópolis, Ananias de Souza Filho (PR) teve R$ 52 mil do patrimônio bloqueado por determinação da Justiça. O bloqueio de bens ocorreu em razão da falta de pagamento das faturas de energia em atraso do município.

O Ministério Público Estadual (MPE), requeria o bloqueio de R$ 156 mil e sustentou que o então prefeito cometeu improbidade administrativa, em razão, da negligência da gestão dos recursos públicos do município realizando o pagamento em atraso das contas de energia elétrica.

Os magistrados acataram parcialmente o recurso de apelação do MPE. Pois, entenderam que não havia necessidade de bloquear o montante de R$ 156 mil em razão da fragilidade das demais provas. O que também não foi suficiente para configurar improbidade administrativa.

Leia também:  Kleber Lima recebe apoio

Em razão do dano causado, com pagamento de multa, juros e correção monetária decorrente do atraso, foi quantificado o bloqueio de R$ 52.300,21 pela Justiça.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.