Com o aumento na fiscalização foi possível a aplicação de 708 autos de infração - Foto: assessoria
Com o aumento na fiscalização foi possível a aplicação de 708 autos de infração – Foto: assessoria

Mais de 60 mil hectares já foram autuados por desmatamento ilegal pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) no estado de Mato Grosso (MT). No total foram 65.840. Os números mostram um aumento de 81,6% em relação ao ano anterior, que foi de 36.238 hectares.

Com o aumento na fiscalização foi possível a aplicação de 708 autos de infração, ante 454 elaborados no ano de 2014. A Sema também elevou o número de autos de infração e de apreensão de caminhões carregados com madeira retirada ilegalmente.

De acordo com dados da secretaria, dos 141 municípios mato-grossenses, 10 deles concentram o maior número de desmatamento. O mapa elenca que Colniza e Feliz Natal, na região Noroeste, estão no topo da lista.

Leia também:  Exportações de soja acumula recorde em MT

Conforme a secretária de Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini, a Sema trabalha com esforço concentrados nestas localidades para acabar de vez com o crime ambiental. Onde somente em 2015 foram apreendidos 236 caminhões que transportavam madeira ilegalmente. Em 2014, esse número foi de 55 caminhões e 38 em 2013.

A gestora da Sema lembra ainda que em muitos locais onde há aumento no desmatamento é devido à condição de irregularidade na documentação da terra, ou seja, ainda são assentamentos.

Peterlini lembra também que o estado tem um plano de combate e controle ao desmatamento desde 2009, com metas para serem cumpridas. A meta deste ano era de reduzir em 75% o desmatamento, número que já foi ultrapassado, chegando a 80%.

Leia também:  Programa Jovens Embaixadores está com inscrições abertas

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.