O maior déficit primário da história do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) foi registrado no mês de novembro. As contas da União ficaram negativas em R$ 21,278 bilhões no mês passado, pior resultado para todos os meses desde o início da série histórica, em 1997. As informações foram divulgadas hoje (28) pelo Tesouro Nacional.

Conforme dados notados, anteriormente, o recorde mensal havia sido registrado em setembro de 2014, quando houve déficit de R$ 20,4 bilhões.

As informações apontam ainda que de janeiro a novembro, o déficit primário está em R$ 54,330 bilhões, também o pior da história para o período. O resultado parcial supera o déficit de R$ 17,243 bilhões registrado para todo o ano de 2014, que foi o 1° resultado anual negativo na história das contas do Governo Central.

Leia também:  Criança de 3 anos fica em estado gravíssimo após ser vítima de bala perdida dentro de casa

A Previdência Social responde pela maior parte do déficit de novembro, com resultado negativo de R$ 14,797 bilhões. O Tesouro Nacional ficou negativo em R$ 6,433 bilhões e o Banco Central teve déficit de R$ 47,42 milhões. No acumulado do ano, a Previdência também registra o maior resultado negativo, está deficitária em R$ 91,361 bilhões de janeiro a novembro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.