Um homem acusado de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil (PJC), na manhã desta segunda-feira (14), no município de Luciara (1.053 km de Rondonópolis). De acordo com as investigações, o acusado André Luiz Machado da Silva, 46, amarrou a vítima de 11 anos para manter relação sexual com ela a força.

O crime aconteceu no mês de novembro, quando o acusado atraiu a menor para sua casa e praticou o estupro. Após ser abusada, a menor retornou para casa e durante o banho a tia percebeu alguns hematomas pelo corpo da menina. Questionada, a menor contou a tia tudo o que havia acontecido.

A tia procurou o Conselho Tutelar do município que acionou a PC, que requisitou os exames que constataram a violência sexual. Durante as investigações, o suspeito chegou a ameaçar a vítima, caso contasse à Polícia alguma coisa relacionada ao estupro.

Leia também:  Em alta velocidade, motociclista atropela homem e foge do local

Diante dos fatos, o delegado Valmon Pereira da Silva representou pela prisão temporária do suspeito, decretada pela comarca de Luciara. Segundo o delegado, a menor era uma criança em situação de vulnerabilidade, muito conhecida por catar latinhas pela cidade. “O crime é extremamente grave, deixando a população perplexa com o caso, sem levar em conta o modo como o suspeito praticou a conduta”, destacou.

“A pena para casos de estupro de vulnerável é de 8 a 15 anos e a PC tem buscado coibir esse tipo de crime na região no máximo rigor legal”, finalizou o delegado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.