Policial civil conduzindo suspeito - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Policial civil conduzindo suspeito – Foto : Messias Filho / AGORA MT

O integrante de uma associação criminosa, especializada em desvio de carga, Paulo Eduardo da Silva, 30 anos, foi preso por investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) na noite desta segunda-feira (30), por volta das 23h, no Distrito Industrial, em Rondonópolis (MT). Ele já é conhecido pela polícia por ter participado de outros desvios de grãos, adubo, entre outras cargas.

A investigação iniciou há vários meses. Os motoristas informaram aos policiais que uma pessoa ligava para eles dizendo ser agenciador de cargas. Durante a conversa, os suspeitos afirmavam que a rota do descarregamento havia mudado do destino que estava na nota e que ao invés de descarregar em Tangará da Serra eles teriam que descarregar em Rondonópolis, onde outra pessoa iria procurá-los para dizer onde seria feito o descarregamento.

Leia também:  Durante patrulhamento aéreo, Ciopaer localiza veículo roubado em terreno fechado
Carga que ja tinha sido descarregada - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Carga que ja tinha sido descarregada – Foto : Messias Filho / AGORA MT

O agenciador usava o nome de “Lucas”. O suspeito ainda afirmava durante as ligações, que iria pagar R$ 40 por tonelada no ato da entrada aos caminhoneiros, sem constar na nota fiscal, sendo que o valor do frete era de R$ 130, a tonelada.

Em depoimento à polícia, outro motorista informou aos investigadores ter passado pela mesma situação, onde quando tentou recusar, o indivíduo o ameaçou de morte dizendo que se ele abrisse a boca seria um ‘homem morto’.

Momento que os caminhões eram descarregados - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Momento que os caminhões eram descarregados – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Diante da situação, os caminhoneiros se propuseram a colaborar com a polícia e indicar o local do descarregamento.

Os investigadores acompanharam os motoristas nos veículos na tentativa de prender o suspeito. Quando Paulo chegou e chamou um caminhão guincho para descarregar a carga, a polícia abordou o suspeito, que confessou que além daqueles dois caminhões que estavam para ser descarregados haviam descarregado mais outro no mesmo dia.

Leia também:  Com queda de 16,2%, Cuiabá fica entre as 12 capitais com redução de homicídios no país
Local onde as cargas eram descarregadas - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Local onde as cargas eram descarregadas – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Paulo já conhecido por envolvimentos em outros roubos, furtos e receptação de carga, tais como grãos e adubo. Ele também é integrante de uma Associação Criminosa especializada em desvio de carga, diante disso, foi dado voz de prisão e apresentado a autoridade policial.

Segundo o suspeito, ele era responsável pelo depósito e guarda dos referidos adubos e, também, era o encarregado de avisar o restante da associação criminosa após o descarregamento, sendo que não quis dizer os nomes dos outros integrantes.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.