Foto: Jin Liangkuai/Xinhua News Agency via AP
Foto: Jin Liangkuai/Xinhua News Agency via AP

As equipes de salvamento que trabalham na cidade de Shenzhen, no sul da China, para tentar localizar os 76 desaparecidos após um deslizamento de terra ocorrido no domingo (20) conseguiram resgatar nesta quarta-feira (23) um jovem de 19 anos, 67 horas depois do acidente, informou a agência oficial “Xinhua”.

O sobrevivente, um trabalhador imigrante chamado Tian Zeming, foi resgatado por volta das 6h30 (horário local, 20h30 de terça-feira em Brasília) e foi internado em um hospital da região, onde ocorreu a tragédia.

Outro sobrevivente, gravemente ferido, também foi encontrado e permanecia preso entre os escombros, segundo a France Presse. A televisão estatal “CCTV” informou pouco depois que esta pessoa morreu.
A “CCTV” também mostrou imagens do sobrevivente, carregado em uma maca e colocado em uma ambulância por dezenas de soldados que participam do resgate.

Leia também:  Vítimas de atentado em Barcelona aumentam chegando a 100 feridos e 13 mortos

As equipes de salvamento retiraram a terra mais próxima de Tian com as próprias mãos, enquanto ele recebia oxigênio e medicação intravenosa antes inclusive de ser retirado da área do acidente.

Foto: AFPO
Foto: AFPO

Segundo a agência “Xinhua”, Tian se encontra estável e foi levado para a sala de cirurgia para tratar os ferimentos, segundo declarações do diretor do hospital onde está sendo cuidado, Wang Guangming.

Pelo menos 33 prédios, entre eles vários dormitórios de funcionários das fábricas, ficaram soterrados pela massa de escombros.

Cerca de 4.000 homens e 190 escavadeiras trabalham nas operações de resgate, nas quais também são utilizados cães farejadores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.