Polícia na região do crime - Foto: Juína News
Polícia na região do crime – Foto: Juína News

Três pessoas morreram assassinadas por uma quadrilha em uma fazenda na BR-174 na região de Juína (1.008 Km de Rondonópolis). As vítimas, uma mulher de 50 anos e os dois filhos adolescentes dela, de 17 e 13 anos, foram sequestrados, torturados antes do assassinato. Conforme a Polícia Civil (PC), os três foram sequestrados por assaltantes na sede da fazenda na terça-feira (22) e mortos na quarta-feira (23).

Ainda conforme PC, o marido da vítima e pai dos adolescentes também foi rendido, mas conseguiu fugir e chamou a polícia. Um dos suspeitos foi preso e três fugiram.

Apenas um dos suspeitos foi preso - Foto: Juína News
Apenas um dos suspeitos foi preso – Foto: Juína News

A polícia afirma que quatro indivíduos invadiram a propriedade rural para tentar roubar dinheiro da família. A mãe e os adolescentes foram levadas para uma mata fechada nas proximidades da fazenda, enquanto o marido ficou rendido na sede da casa. Um dos assaltantes seria conhecido das vítimas.

Leia também:  Barra do Garças | Após denúncia, PM apreende drogas enterradas em terreno

O delegado que trabalha no caso informou que a vítima que sobreviveu conseguiu render o assaltante que o estava vigiando e foi até a rodovia onde conseguiu ajuda de uma pessoa, que passava pela BR-174, para ir na polícia.

Os corpos dos dois adolescentes e da mulher foram encontrados pela polícia a 8 km da fazenda da família. O local já seria dentro da propriedade rural que pertence a um dos bandidos.

O delegado ainda disse que a mulher e os dois filhos foram torturados antes de serem mortos e assassinados com pauladas na cabeça. As investigações apontam que se trata de um crime financeiro.

Ainda conforme o delegado, a adolescente de 17 anos foi violentada sexualmente antes de ser morta pelos assaltantes. Os outros três suspeitos fugiram e ainda não foram localizados pela polícia. Contudo, o delegado diz que já os identificou.

Leia também:  Suspeitos trocam tiros com a PM após invasão e tentativa de roubo em sítio
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.