O senador Blairo Maggi (PR-MT) se declarou a favor da abertura do processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Ele disse que a situação atual do país é critica e pode se agravar ainda mais, com a sociedade dividida e com muitos problemas sociais e econômicos.

Para o senador, o impeachment deve ser visto como um processo político, afinal o Congresso é uma casa política. Na opinião de Blairo, é melhor sacrificar o cargo e deixar o Brasil inteiro.

– Da forma como vivemos o ano de 2015, simplesmente não é possível viver 2016, 2017 e 2018 – declarou o senador, em discurso no Plenário na noite desta terça-feira (8).

O senador disse que é preciso dar à sociedade a oportunidade de se manifestar a favor do impedimento de Dilma e defendeu a retomada dos trabalhos legislativos logo no início de janeiro. Blairo se declarou como um senador independente e pediu à oposição que respeite o governo, se acaso o impeachment for barrado no Plenário da Câmara dos Deputados.

Leia também:  Vereador Thiago Silva atende comunidade do Tancredo Neves através de gabinete itinerante

– Se o governo não conseguir 171 votos na Câmara [para barrar o processo de impeachment], nem merece ficar no poder – afirmou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.