Peixes apreendidos pela Dema- Foto: PJC
Peixes apreendidos pela Dema- Foto: PJC

Mais de 168 quilos de pescado foram apreendidos em uma ação integrada da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar Ambiental e Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), realizada nesta sexta-feira (04), em Barão de Melgaço (113 km ao Sul).

Na ação, uma mulher foi presa em flagrante e responderá pelos crimes de pesca predatória e venda de pescado irregular.

Peixes apreendidos pela Dema- Foto: PJC
Peixes apreendidos pela Dema- Foto: PJC

A apreensão aconteceu durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, na localidade Estirão Comprido, na região de Barão de Melgaço. A ordem judicial, decretada pela comarca de Barão de Melgaço, foi representada pela delegada Liliana de Souza Santos Murata Costa, após informações de que na propriedade, era realizada a pesca predatório e o armazenamento de várias espécimes de peixe destinada para a venda.

Leia também:  Polícia prende trio acusado de furtar propriedades rurais

Em buscas no local, policiais encontraram um freezer com 24 bandas de cachara, 2 cacharas sem cabeça e 1 cabeça da mesma espécime, 26 bandas de pintado, 1 saco com filé e fragmentos de peixe, 4 pacus inteiros, sendo 3 fora da medida. Na propriedade foram apreendidas ainda 4 redes de pesca e apetrechos para confecção de rede.

A acusada foi conduzida à Dema e após ser ouvida foi autuada em flagrante por crime ambiental, A delegada Liliane Murata arbitrou a fiança de 5 salários-mínimos e após o recolhimento do valor, a suspeita responderá pelo crime em liberdade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.