Foto: Sanofi Pasteur/Gabriel Pagcaliwagan/Divulgação
Foto: Sanofi Pasteur/Gabriel Pagcaliwagan/Divulgação

O México aprovou o registro da vacina contra a dengue da Sanofi Pasteur.

“É a primeira vacina contra a dengue que recebeu a aprovação por uma agência reguladora em todo o mundo”, disse a diretora médica do laboratório, Lúcia Bricks.

O pedido de registro da vacina no Brasil foi feito no começo do ano.

Em outubro, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou a liberação comercial do produto no Brasil.

Falta agora o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O pedido foi submetido à agência em março deste ano e não tem prazo para o resultado final do processo.

A vacina

A agência reguladora mexicana indica o produto para a faixa etária entre nove e 45 anos.

Leia também:  Porto Rico solicita com urgência ajuda dos EUA após furacão Maria

De acordo com o laboratório francês, o imunizante tem eficácia de 60,8% contra os quatro sorotipos da doença, taxa de redução de hospitalização de 80,3% e diminuição de 95,5% de casos graves da dengue.

A imunização deverá ser feita em três doses, com intervalos de seis meses.

Segundo o laboratório, o desenvolvimento da vacina levou cerca de 20 anos.

Testes

Para o desenvolvimento da vacina, os testes foram feitos em pessoas entre nove meses e 60 anos, porém a agência reguladora de cada país, é que decide qual vai ser a faixa etária de indicação no país.

Em estudos mais recentes, a Sanofi concluiu que a eficácia do produto é maior em pessoas com mais de nove anos.

Leia também:  Traficantes de seres humanos jogam cerca de 300 migrantes ao mar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.