Assim como o ex-deputado José Riva, o ex-governador Silval Barbosa também deve passar o Natal deste ano, atrás das grades. O ministro Edson Fachin, que está concentrado no tema impeachment da presidente Dilma Rousseff, pode ficar sem tempo para apreciar o pedido de Habeas Corpus (HC) feito pela defesa de Silval.

Sem contar que a Corte está às vésperas do período de recesso que terá início na segunda-feira (21). Silval que está preso no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) estava planejando passar as festas de fim de ano ao lado da família.

Já o Habeas Corpus de Riva, que está sob a relatoria do ministro do STF Gilmar Mendes, era para ter sido julgado ontem (15), mas a pauta foi atualizada e o recurso do ex-deputado ficou de fora. Não foi informado o motivo da retirada do HC da pauta.

Leia também:  De pijama
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.