O dólar mais caro e a crise econômica não impediu o mato-grossense de emitir passaportes. Mato Grosso (MT) registrou um aumento de 7% do número de emissões dos documentos, onde durante os primeiros 10 meses do ano, 20.689 passaportes foram emitidos em todo o estado, enquanto 2014 registrou apenas 19.207 documentos, conforme o Setor de Passaportes da Polícia Federal em Mato Grosso.

As informações apontam que a procura pelo documento foi maior no 1° semestre. “Neste período as pessoas queriam tirar o documento pois o valor cobrado ainda era menor, R$ 156,07. Desde julho a cobrança para a emissão do documento é de R$ 257,25” explica o chefe do setor de passaportes, Luiz Antônio dos Santos.

Leia também:  Fies divulga resultado do segundo semestre de 2017

O documento é obrigatório em caso de viagens internacionais e, dependendo do destino, ainda pode haver a necessidade de vistos e vacinas.

As cinco cidades onde possuem delegacias da PF, Cuiabá, Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Sinop, apenas Barra do Garças, registrou queda de 11% no número de emissões. Em 2014 foram expedidos um total de 1.523 passaportes, em 2015, no mesmo período, apenas 1.350.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.