Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação
Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação

Depois de quase 24 horas interditada, a passarela da Garganta do Diabo, nas Cataratas do Iguaçu, no oeste do Paraná, voltou a ser liberada no início da tarde desta sexta-feira (4). Na quinta-feira (3), quando o acesso foi interditado, segundo a direção do parque nacional a vazão passou de 9 milhões de litros de água por segundo, cerca de seis vezes acima do volume normal de 1,5 milhão de l/s.

Perto das 10h desta sexta, passavam pelas quedas o equivalente a 7 milhões de l/s. Por medida de segurança, todas as grades de ferro foram retiradas. Ainda segundo o a direção da reserva, as demais trilhas continuaram abertas. A vazão é constantemente monitorada, e caso volte a subir, a passarela poderá ser novamente interditada.

Leia também:  Pelo 2° ano, projeto pretende ajudar mães que querem fazer o Enem
Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação
Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação

No lado argentino, a passarela principal também foi fechada na quinta e reaberta na manhã desta sexta. Já os passeios de barco pelo rio estão sendo mantidos normalmente.
Por medida de segurança, todas as grades de ferro do acesso foram retiradas. Ainda segundo o Parque, as Trilhas das Cataratas continuam abertas. Do lado argentino, as passarelas das Cataratas também foram interditadas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.