Sede da DERF em Rondonópolis - Foto: Divulgação
Sede da DERF em Rondonópolis – Foto: Divulgação

Três crimes de roubos ocorridos nos últimos dias em Rondonópolis foram esclarecidos pela Polícia Judiciária Civil (PJC), em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (Derf-ROO). As ações resultaram na identificação e detenção de cinco suspeitos de envolvimentos nos crimes. As investigações da Derf elucidaram o roubo a de clínica de medicina e segurança do trabalho e em lava-jato da cidade, além de recuperar materiais de construção furtados que estavam sendo comercializados pelos suspeitos.

Os acusados José Conceição Silva e Cláudio Roberto Delguingaro da Silva foram presos após a equipe da Derf receber a informação de que duas pessoas estavam oferecendo materiais de construção a serralheiros na região do Jardim Iguaçu, na avenida Brasil e proximidades. Os produtos foram furtados de um barracão, no dia 22 de novembro. (Veja aqui)

Leia também:  Mototaxista morre em acidente na BR-364 enquanto seguia para velório da mãe

Conforme informação da PJC, após descobrir que os suspeitos estavam circulando pelo Residencial Lúcia Maggi, os investigadores iniciaram diligência pela localidade. Contudo, o suspeito Cláudio foi rendido por populares e ao ser questionado confessou que os produtos furtados estavam escondidos em uma casa no residencial Lúcia Maggi.

Um outro suspeito que estava vendendo os produtos na companhia de Cláudio, identificado como “Júnior”, conseguiu escapar da abordagem dos populares, fugindo sentido a região dos Jardins das Flores.

Ao chegar no barraco, policiais encontraram os materiais escondidos em um dos cômodos. O dono do imóvel, José Conceição disse que ganharia parte do lucro da venda para guardar os produtos furtados. Os suspeitos foram encaminhados para a Derf e após serem interrogador foram autuados em flagrante pelo crime de receptação.

Leia também:  Dupla é presa por tráfico de drogas em Rondonópolis

Em outra ação, a equipe da Derf conseguiu concluir as investigações em torno de um assalto em uma clínica geral de medicina e segurança do trabalho. Segundo a PJC, os suspeitos Jean Lucas da Silva e Vagner Soares Barbosa foram reconhecidos como autores da ação.

Nesta segunda-feira (30), Marcos Vieira de Brito, acusado de praticar um roubo a um lava-jato na cidade na última quarta-feira (23) compareceu na 2ª Delegacia de Polícia de Vila Operária após ser intimado por procedimentos na unidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.