Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo, aprovou o prolongamento do Residencial Lúcia Maggi, antigo Padre Miguel. Com a aprovação serão construídas 123 novas casas e adequadas mais 37 que foram feitas fora do padrão do programa Minha Casa, Minha Vida.

O secretário Municipal de Habitação e Urbanismo, Roberto Carlos Correa de Carvalho, explica que o residencial é destinado para famílias ribeirinhas e que moram em áreas de risco na cidade.

“Para chegar até a aprovação vencemos várias etapas burocráticas junto à Caixa Econômica Federal, porque o intuito da administração do prefeito Percival Muniz é que tudo seja feito com legalidade, desde o começo, meio e fim”, ressaltou o secretário.

Leia também:  Rotaract Club de Rondonópolis realiza troca de diretoria para 2017/2018

O prolongamento do Residencial Lúcia Maggi vai contar ainda com toda a infraestrutura necessária, como asfalto, drenagem, calçadas e rede de esgoto. “É importante salientar que também conseguimos com o Sanear (Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis) que a rede de esgoto também seja feita no antigo Lúcia Maggi”, reforçou Roberto Carlos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.