O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, foi entrevistado pelo jornal americano Financial Times e falou sobre as finanças do clube. Além de falar sobre questões como venda de ingressos e patrocínios, ele disse que, ao contrário do que vem sendo publicado pela imprensa inglesa, o Barça sempre terá recursos para se defender das investidas por Neymar, Messi e Luis Suárez. O problema na verdade é outro.

– São os jovens craques de 16 anos que constantemente recebem ofertas muito tentadoras da Premier League. A cada ano alguns deles aceitam e acabam saindo – disse, depois de dizer que os ingleses não ameaçam tirar os craques da atualidade.

Leia também:  Jogador Edilson "capetinha" é preso por falta de pagamento de pensão

Nas últimas semanas, a imprensa inglesa noticiou que os rivais Manchester United e City fariam investidas pesadas por Neymar e Messi nas próximas janelas de transferências. Para ampliar o poderio financeiro, o Barcelona quer aumentar os lucros com arrecadação de bilheteria dos atuais € 600 milhões (R$ 2,5 bilhões) anuais para € 1 bilhão (R$ 4,18 bilhões).

– Queremos ser o primeiro clube a chegar a € 1 bilhão em receitas.
Por fim, ele explicou que o clube não pode mais voltar atrás com a tradição de usar a camisa limpa, sem patrocínios.

– Hoje estamos competindo com os clubes pertencentes a grandes corporações ou bilionários com muitos recursos. Portanto, seria utópico querer voltar ao patrocínio, por exemplo, da Unicef.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.