Uma quadrilha de estelionatários foi desarticulada, pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (30), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças (Derf-BG). Na ação quatro pessoas, acusadas de aplicar golpes, de desvio de dinheiro das vítimas foram presas.

Os acusados Olímpio Vital de Souza, 35, Jorge Marcelo Souza Nazário, o “Nazário” 35, Fernando de Souza Bonfim, 32 e Edson Miguel Oliveira, 53, foram presos em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa, após aplicar o golpe que causou um prejuízo de mais de 27 mil a vítima.

As investigações iniciaram após a equipe da Derf receber a informação de que “Nazário”, conhecido como líder de uma quadrilha de arrombamentos de caixas eletrônicos estava na cidade. Em diligências, policiais encontraram o suspeito circulando pelo município e iniciaram o seu monitoramento com objetivo de evitar uma ação criminosa.

Leia também:  Colisão frontal em na BR-163 deixa quatro feridos

Durante 96 horas ininterruptas de vigilância, a equipe da Derf conseguiu identificar o golpe aplicado pela quadrilha, em donos de pequenas empresas. Para aplicar o golpe, os suspeitos escolhiam vítimas mais humildes e com pouco conhecimento na área de informática. Na sexta-feira (27), eles aplicaram o golpe conseguindo subtrair mais de R$ 27 mil de uma das vítimas.

Eles alegavam que estavam comprando um lote na cidade e pediam emprestada uma conta para que pudessem depositar uma carta de crédito e retirar o dinheiro. Para fazer a transação, os estelionatários pediam a máquina de cartão da empresa e o “poken”, senha eletrônica cedida pelo sistema de créditos.

Os criminosos acessam o sistema do cartão de crédito e faziam uma antecipação dos limites que a vítima tinha para receber. Quando o dinheiro entrava na conta, a vítima acreditava ser o valor da carta de crédito. Como agradecimento pelo empréstimo da conta, os suspeitos pagavam R$ 500 para vítima com dinheiro subtraído dela.

Leia também:  Trio do crime e do tráfico é detido com menor em Rondonópolis

Na segunda-feira (30), os estelionatários tentaram aplicar um novo golpe no valor de R$ 17 mil, não conseguindo concluir a ação porque a vítima não tinha crédito. Quando se preparavam para deixar o hotel que estavam hospedados na cidade e fugir de Barra do Garças, os suspeitos foram surpreendidos pela equipe de investigadores da Derf.

Eles foram conduzidos a delegacia, e após serem interrogados pelo delegado Wilyney Santana Borges foram autuados em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa. A vítima só tomou conhecimento do golpe após ser chamada na delegacia, pois imaginava ter feito um favor ao seu vizinho, em uma transação comercial lícita.

Segundo o delegado Wilyney Santana, a quadrilha estava se preparando para aplicar um novo golpe de valor estimado de mais de R$ 200 mil, em um supermercado da cidade. Um outro suspeito que tem participação nas ações da quadrilha já foi identificado e é procurado pela equipe da Derf. “A quadrilha planejava voos altos e pretendia aplicar golpes em Goiânia, onde acreditavam que seria mais difícil de serem reconhecidos” explicou o delegado.

Leia também:  Após roubo de carro, trio sofre acidente, um é preso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.