Objetos apreendidos com a quadrilha- Foto: PJC
Objetos apreendidos com a quadrilha- Foto: PJC

Quatro integrantes de uma quadrilha, que atuava na região norte do Estado de Mato Grosso, foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (17), em ação simultânea das

Delegacias de Polícia das cidades de Alta Floresta (803 km ao Norte) e Guarantã do Norte (715 km ao Norte), com apoio da Polícia Militar do município de Guarantã do Norte. A ação integrada resultou na apreensão de drogas, armas, dinheiro, um veículo e duas motocicletas.

Os suspeitos, Rafael Elias de Matos Filho, o “Cauboi”, Humberto Eduardo Marques, conhecido como “Pezão” ou “Pepi”, Maciel Silva dos Santos, e Roger Gomes dos Santos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e receptação.

Leia também:  Roubos e furtos de veículos registram queda de 8% em MT

As investigações iniciadas em setembro deste ano, apontavam que os presos integram um extenso grupo criminoso que atua em roubos principalmente de veículos automotores, tráfico de drogas, e homicídios na região de Peixoto de Azevedo, Sinop e Alta Floresta. Ao longo das investigações, onze suspeitos de integrar a quadrilha foram presos, sendo a maioria mulher. Outras nove pessoas continuam sendo procuradas, inclusive em outros Estados do País.

Os suspeitos, Rafael e Humberto foram presos por policiais militares na cidade de Guarantã do Norte, em poder de duas motocicletas roubadas, uma em Alta Floresta e outra em Guarantã do Norte. Maciel Silva e Roger Gomes, foram surpreendidos pelos policiais civis em uma casa alugada pela quadrilha no centro da cidade de Alta Floresta.

Leia também:  Adolescente com passagens por roubos e tráfico é apreendido com maconha em Primavera

No local, foram apreendidas duas armas de fogo, um veículo Gol branco, pasta base de cocaína, uma balança de precisão, mais de R$ 3,6 em dinheiro, aparelhos eletrônicos, e celulares.

Segundo a Polícia, Humberto foi solto recentemente pela Justiça e Maciel estava em liberdade provisória concedida pela Comarca de Sinop, Além da prisão em flagrante, Rafael estava com dois mandados de prisão em aberto, sendo uma temporária decretada pela Comarca de Alto Floresta, e outra preventiva, expedida pela Justiça de Nova Bandeirantes (1.026 km ao Norte), que foram devidamente cumpridos.

Procurado pela polícia, Rafael conseguiu se livrar da tornozeleira eletrônica que portava.

De acordo com o delegado de polícia, Carlos Francisco de Morais, já foram apreendidas em poder da quadrilha, nove armas de fogo, sete veículos e cerca 1,3 quilo de entorpecente, além dos integrantes que foram retirados de circulação pela polícia.

Leia também:  Filho de vereador Nilo Campos é morto com cinco tiros

As diligências continuam para localizar e prender os outros procurados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.