Foto: assessoria
Foto: assessoria

Nesta segunda-feira (14), o primeiro-secretário, deputado estadual Ondanir Bortolini (PR), Nininho, se reuniu na Assembleia Legislativa com o secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, para discutirem as demandas da Escola Estadual Sebastiana Rodrigues de Souza, localizada no bairro Jardim Sumaré, em Rondonópolis. As reivindicações foram apresentadas pela diretora da escola, Cristiane Freitas e pelos professores Gileno Almeida e Maicon Raimundo.

Foram apresentadas três demandas: a implantação do Ensino Médio em 2016 para que os alunos que terminaram o 9º ano possam continuar estudando na escola e principalmente porque a cidade precisa de mais escolas oferecendo o 1º grau completo. Solicitaram, também, a construção de um novo muro para melhorar a segurança dos estudantes, segundo a diretora, o muro que a escola tem está desmoronando. A última solicitação foi para que, emergencialmente, façam a manutenção da fossa que fica no ambiente de uso diário dos alunos.

Leia também:  Adonias convida diretoria da Energisa para explicações sobre quedas de energia

“A instalação do Ensino Médio na escola Sebastiana Rodrigues é importante porque as outras escolas que tem esse ensino é muito longe o que dificultaria o transporte dos alunos. Continuar na mesma escola é importante para a formação desses adolescentes que já tem afinidade com os colegas e professores. As manutenções e instalações que a escola necessita devem ser cumpridas o mais rápido possível”, disse o deputado Nininho.

Para a diretora da Escola Estadual Sebastiana Rodrigues, Cristiane Freitas, a instalação do Ensino Médio será um marco histórico para todos da escola e para Rondonópolis. “Lutamos por isso há mais de cinco anos, é um sonho para os alunos e professores que esse projeto se concretize, o apoio do deputado Nininho foi fundamental para que conseguíssemos essa reunião e para que as autoridades acelerem a conclusão dessas demandas”, reforçou a diretora Cristiane.

Leia também:  Pátio deve anunciar Biliu no comando do Gasp

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, a previsão é de que até o final da semana seja feita a manutenção da fossa, por se tratar de um pedido emergencial. Já a construção do muro ficará para o orçamento de 2016, provavelmente em fevereiro. “A instalação do Ensino Médio é um projeto importantíssimo que a Secretaria Estadual de Educação pretende cuidar e resolver o mais breve possível”, destacou o secretário.

MATÉRIA RELACIONADA

Adonias promove encontro com deputados para Escola ser contemplada com Ensino Médio

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.