Foto: Assessoria
Foto: Assessoria

Os servidores da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) arrecadaram 638 litros de leite, que foram doados para a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá. A entrega foi feita na tarde desta segunda-feira (21). A campanha foi idealizada por servidores da pasta, Gonçalo Costa de Arruda e Miguel Gonçalo de Magalhães, que mobilizaram a atenção dos colegas para conseguir o maior número de doações.

O montante foi arrecadado entre o dia 04 e 21 de dezembro. “O Miguel ficou sabendo que a Santa Casa estava precisando de doações de leite, após ir a uma missa; depois ele entrou em contato comigo e eu aceitei ajuda-lo”, conta o assessor de Comunicação da Sejudh, Gonçalo Arruda. O produto será destinado para o consumo dos pacientes e do hospital, explica um dos idealizadores da ação.

Leia também:  Pedro Taques inaugura a maior ponte de MT que une o estado ao Goiás

Conforme informa em seu site, a Santa Casa de Misericórdia existe há 197 anos. Começou a ser construída em 1815, 7 anos antes do Brasil se tornar independente de Portugal, por iniciativa do Capitão General João Carlos Augusto D’ Oyenhausen de Grevemburg. Com uma arquitetura colonial e paredes grossas, a Santa Casa foi projetada para abrigar amplas salas de enfermarias. Sua inauguração se deu em 08 de dezembro de 1817.

Desde sua inauguração nunca parou de funcionar, mas sempre teve problemas financeiros. No final da década de 1990 quase fechou as portas. No começo, recebia suporte econômico da Real Academia Militar. Os recursos para a manutenção vêm dos governos estadual e federal, repassados por intermédio da Prefeitura de Cuiabá e pelo SUS municipal, e também de doações de instituições privadas.

Leia também:  Não registrando casos de sarampo há 17 anos, Vigilância Epidemiológica faz alerta e orienta mato-grossenses

Trata-se de uma instituição filantrópica, com carimbo do Conselho Nacional de Assistência Social, ligado ao INSS. A cada três anos, a Santa Casa deve provar para o Conselho que seu atendimento pelo SUS é acima de 80%. Hoje é um hospital geral com especialidades médicas e cirúrgicas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.