Mesmo em meio as tentativas de deixar o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) vai ver o ‘sol nascer quadrado’ no Ano Novo. O STJ negou a soltura do peemedebista. A decisão foi proferida ontem (28).

O ex-governador também não foi festejar com a família durante o Natal. Esta é a 2ª derrota de Silval em uma semana.

Silval está preso desde o dia 15 de setembro, quando foi deflagrada a Operação Sodoma. Ele é apontado como chefe do esquema de fraudes na concessão de benefícios fiscais em troca de propina ou mediante extorsão.

A previsão que após o retorno do recesso forense, no dia 20 de janeiro, o pedido de liberdade a Silval seja encaminhado a relator Ericson Maranho e depois, submetido à apreciação dos membros da 6ª turma.

Leia também:  Queda de braço no Senado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.