O suposto autor do latrocínio que vitimou um agente de pátio da Escola Estadual Ubaldo Ribeiro teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (09.12). O acusado, Wesley Dias dos Reis, 19, o “Picolé” é apontado como integrante de uma quadrilha especializada em roubos de veículos e foi identificado nas investigações de Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), para elucidar o latrocínio em concurso no roubo qualificado.

O suspeito teve o mandado de prisão temporária (30 dias), expedido pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande por latrocínio. Ele possui várias passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

Leia também:  Após levar três tiros, vítima reconhece autores de disparos

O crime que vitimou o agente de pátio, Nereu Salvador de Lima aconteceu, no dia 28 de outubro, no bairro Vila Sadia, em Várzea Grande. Na ocasião, Wesley e um adolescente de 17 anos, na intenção de praticar o roubo, escolheram a vítima que estava na porta de casa com o seu veículo.

Ao ser abordado pelos assaltantes, a vítima reagiu ao roubo e entrou em luta corporal com os suspeitos. Em seguida, um tiro foi disparado, atingindo o tórax da vítima que não resistiu ao ferimento e morreu no local. Logo após a ação os criminosos fugiram. O filho e a nora da vítima que estavam na casa presenciaram toda a ação criminosa.

Durante a fuga, Wesley e o menor, foram até o posto de combustível Vista Alegre e abordaram outra vítima em um veículo, Corsa Classic. O carro foi roubado e abandonado pelos suspeitos, logo após concretizarem a fuga.

Leia também:  Colisão entre carro e moto deixa vítima gravemente ferida no anel viário

Durante trabalho investigativo, os policiais da Derf-VG conseguiram identificar os envolvidos e diante dos indícios de autoria, o delegado Rodrigo Azem Buchdidi representou pelo pedido de prisão temporária do suspeito, deferido pela Justiça.

Com a ordem judicial em mãos, os policiais civis realizaram diligências localizando o criminoso em uma residência no bairro Cohab Tarumã, em Várzea Grande, onde ele foi preso. Em interrogatório na Derf-VG, Wesley confessou a autoria do latrocínio.

As investigações continuam para apreender o infrator integrante da quadrilha e identificar uma terceira pessoa que utilizou outro veículo para dar apoio a ação criminosa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.