Foto: Divulgação
Material apreendido pelos agentes – Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (29), agentes penitenciários da Cadeia Pública de Alto Araguaia (MT) realizaram a operação ‘Casa Limpa 2’ no intuito de localizar materiais ilícitos na unidade. Conforme os agentes, a ação ocorreu após uma denúncia que os presos estavam efetuando ligações de dentro da cadeia e realizando ‘negócios’ na cidade.

A revista ocorreu entre às 13h e 15h de hoje, foram encontrados cerca de 430 gramas de drogas, dois celulares, vários carregadores e três facas artesanais. Os objetos estavam na cela 02, onde estão 22 presos condenados por crimes como latrocínio, homicídio, roubo a banco, entre outros.

Segundo os agentes, o material foi encontrado em local ermo, como colchões, buracos na parede e por isso, ainda não foi possível identificar os possíveis donos. Eles explicaram que frequentemente são feitas as revistas na cadeia pública, contudo o objetos são jogados por cima dos muros da unidade.

Leia também:  Alto Araguaia | Casal morre em colisão entre SW4 e caminhão na BR-364

“É frequente encontrarmos os materiais devido à localização da unidade que é dentro da cidade, o que favorece muito, já que os objetos são jogados por cima do muro durante o banho de sol dos detentos. Na semana passada, encontramos nove celulares nos telhados,” disse um agente.

Agentes após a operação na cadeia pública - Foto: Divulgação
Agentes após a operação na cadeia pública – Foto: Divulgação

Questionado quanto a câmeras de segurança, o agente contou que são insuficientes para filmar todos os pontos em torno da unidade.

“A câmera de segurança que temos hoje serve para dar maior segurança ao agente, mas é insuficiente, pois não conseguimos imagens extra muro. A câmara que temos veio de ajuda do poder judiciário e do conselho da cidade que ajudam a suprir as necessidades da unidade,” contou o agente.

Leia também:  Prefeito de Jangada é preso suspeito de ceder maquinário em propriedade particular

A cadeia tem capacidade para 40 presos, mas atualmente comporta 56 presidiários.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.