Peixes e apetrechos apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Peixes e apetrechos apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Após uma denúncia anônima, a Polícia Militar de Proteção Ambiental junto ao Juizado Volante Ambiental cumpriram um mandado de busca e apreensão na residência de um indivíduo identificado como “Salgadeiro”, no bairro Vila Olinda, rua A-06, em Rondonópolis (MT) na noite dessa quinta-feira (28).

Pescados apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM - Foto : Messias filho / AGORA MT
Pescados apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM – Foto : Messias filho / AGORA MT

Na residência do suspeito, a polícia conseguiu encontrar em um barraco localizado no fundo da residência dois congeladores cheios de cachara, pintado e outros peixes cortados, totalizando 152 quilos de pescado ilegal. Além de uma serra fita e duas balanças digitais.

Ao ser indagado, “Salgadeiro”, relatou que comprou os peixes em diversos lugares, para depois serem comercializados.

Diante dos fatos, a polícia apreendeu os peixes e todo o material que era utilizado na venda de pescado ilegal, que foi levado para o depósito da 2ª Cia da Polícia Militar de Proteção Ambiental. Já, “Salgadeiro”, foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Leia também:  Suspeitos trocam tiros com a PM após invasão e tentativa de roubo em sítio
Freezers apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Freezers apreendidos pela Polícia Ambiental e JUVAM – Foto : Messias Filho / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.