Foto: assessoria
Foto: assessoria

Promover um ambiente de negócios e agilizar os serviços oferecidos a empreendedores individuais e micros e pequenos empresários de Rondonópolis. Esta é a meta da secretária de Desenvolvimento Econômico do Município, Stefânia Pasqualotto, que transferiu o Centro de Atendimento Empresarial – CAE para a sede da prefeitura, na Vila Aurora. A proposta é ampliar a oferta de serviços nos próximos meses e garantir mais apoio aos empreendedores.

Stefânia Pasqualotto conta que o CAE foi implantado na cidade em regime de comodato, na parceria com o Governo do Estado. O serviço funcionou primeiro no prédio da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis – Acir. Na atual gestão, o governo estadual autorizou a transferência do CAE para a sede da prefeitura. A secretária avalia que esta iniciativa ajuda a agilizar os serviços, já que o empreendedor vai receber orientação e desenvolver o processo de formalização no mesmo local.

Leia também:  Em reunião, famílias são escolhidas para o residencial Dona Neuma em Rondonópolis

A secretária explica que a sala do CAE, criada junto aos diversos departamentos da Secretaria Municipal de Receita, no primeiro piso do Palácio da Cidadania, é o local ideal para o empreendedor obter informações, orientações e fazer a formalização de qualquer atividade industrial, comercial e de serviços, na esfera de micros e pequenas empresas. Dalí, os interessados são encaminhados direto para outros setores da prefeitura onde vão obter atendimento, como o de emissão de alvará de uso e ocupação do solo.

Todo o serviço do CAE é oferecido de graça para a população. “Com isso, os empreendedores vão conseguir resolver todos os problemas relacionados à formalização no mesmo local. Esta é a uma forma de apoiarmos ainda mais aos micros e pequenos empresários, contribuirmos com o fortalecimento do segmento. Outra expectativa é oferecermos condições favoráveis para a abertura de novos empreendimentos. A vinda do CAE para a prefeitura concretizou o projeto do prefeito Percival Muniz de criar um ambiente de negócios para o micro e o pequeno empreendedor”, avalia a secretária.

Leia também:  ACIR confirma participação em evento científico do IFMT

Stefânia Pasqualotto informa que o CAE é uma porta de entrada também para a capacitação do empreendedor. Ela explica que os interessados podem fazer sugestões e solicitações de cursos. “A equipe do Desenvolvimento Econômico está preparada para atender esta demanda. Vamos buscar parcerias para oferecer cursos aos empreendedores”, comenta.

O CAE está ligado também ao Programa de Diagnóstico Empresarial da prefeitura que oferece consultoria de graça para quem já possui uma micro ou pequena empresa e aqueles interessados em ingressar ao mercado. O atendimento no ambiente de negócios para micro e pequenos empresários acontece de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.

O Governo do Estado já anunciou a realização de um curso de capacitação para os responsáveis pelo CAE que deve acontecer entre fevereiro e março. O treinamento é para preparar a equipe para oferecer os serviços a serem implementados no sistema do CAE, neste ano.

Leia também:  Após chuva, temperatura cai e fim de semana deve ser de clima ameno em Rondonópolis

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.