Um anúncio de emprego incomum chamou a atenção.

Um bar e restaurante, que vai ser inaugurado dia 2 de janeiro, em Águas Claras – cidade a 15 quilômetros do centro de Brasília – oferecia duas vagas de recepcionistas, mas o pré-requisito era um tanto curioso: ter entre 60 e 80 anos.

Inesperadamente, mais de 30 senhoras mandaram currículo para as vagas, segundo o proprietário Paulo Tagarini.

Divulgação
Divulgação

“Eu realmente fiquei muito surpreso com o número de pessoas que mandaram curriculo pra cá. Foram mais de 400 ligações, então tive uma outra ideia, contratar 22 dessas senhoras pra ocupar todos as funções aqui da confraria, mas claro tudo de maneira adaptada para as senhoras terem o trabalho mais simples possível.”

Leia também:  Vereador extrapola na bebida e atropela mulher com duas crianças em SP

A ideia da iniciativa é homenagear pessoas que já fizeram tanto e ainda querem fazer, podem fazer, ou então precisam de um emprego por não ter renda… mas não conseguem emprego por conta do preconceito pela idade.

Paulo pensou na mãe dele, quando resolveu abrir as vagas para idosas:

Divulgação
Divulgação

“Ela foi muito empreendedora e, com toda dedicação, perdeu uma vista e ficou com apenas 40% da outra. Ela costurava a noite e, ainda assim, deu educação para a gente. Então, queria homenagear a mãe de uma forma mais característica. Ela está longe, no interior de São Paulo, mas tudo aqui na confraria tem a foto dela.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.