Foto: Ascom
Foto: Ascom

O Governo de Mato Grosso decidiu descarta a alteração no calendário de pagamentos dos servidores, conforme havia sido anunciado em dezembro do ano passado. A garantia foi dada na manhã de ontem (19) durante a 5ª rodada de negociação com representantes do Fórum Sindical realizada no Palácio Paiaguás.

Durante a reunião, o governador anunciou que também será mantido o pagamento do 13º salário no mês de aniversário do servidor e a complementação do Reajuste Geral Anual (RGA) dos meses de maio a outubro de 2015 será quitada até o dia 10 de fevereiro, conforme foi anunciado em reunião realizada no dia 07 deste mês.

Taques disse que o governo vai propor a realização de um novo Mutirão Fiscal, fortalecer e intensificar os trabalhos desempenhados pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira), licitar a divisão de cobrança de crédito do Estado, realizar a venda de ativos e acessar depósitos judiciais, em acordo com o Tribunal de Justiça.

Leia também:  Para cobrar melhorias na infraestrutura de penitenciária detentos fazem greve de fome

Ainda segundo o governador, as medidas elaboradas pela equipe econômica devem permitir que o Estado consiga manter o atual calendário de pagamento. O chefe do executivo ainda pediu o apoio dos servidores do Estado para enfrentar o momento de crise. “Nós precisamos de vocês. Os servidores movem o Estado. Por isso, fizemos esse plano de ação que vai garantir o pagamento no dia 30. Mas será um ano difícil e nós precisamos muito do apoio de vocês para atravessar 2016, ” disse Taques.

Com a notícia, o Governo evitou que ocorresse uma mobilização dos servidores que no dia 25 de janeiro e poderia iniciar uma greve.

Com a medida, Mato Grosso continua entre os estados que cumprem com o pagamento em dia dos salários de seus servidores. No total, 17 Unidades da Federação enfrentam dificuldades com o pagamento de salário.

Leia também:  Concurso da educação tem a participação de mais de 100 mil pessoas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.