Foto: Musa do Brasil/ Divulgação
Foto: Musa do Brasil/ Divulgação

Uma das finalistas do concurso Musa do Brasil morreu após se submeter a um procedimento estético na segunda-feira (11) em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. De acordo com a organização do evento, Raquel Santos sofreu uma parada cardíaca após realizar um preenchimento no rosto para corrigir o chamado bigode chinês — marcas de expressão do sorriso e fazer um preenchimento no glúteo.

O médico Wagner Moraes, responsável pelo preenchimento, afirmou que o procedimento, simples e que foi realizado em dois minutos, não foi o responsável pela morte da musa. “O grande problema é que ela teve um comprometimento de saúde. Ela aplicava na coxa uma substância chamada potenay, e ela usava o produto diariamente, fez uso ontem. O marido dela contou que ela fumava três maços de cigarro por dia”, contou ele, afirmando ainda que a substância usada, o ácido hialurônico, não oferece riscos à saúde.

Leia também:  Febre Chikungunya aumenta 116% neste ano em Mato Grosso

“O marido de Raquel, o empresário Gilberto de Azevedo, nos informou que durante o procedimento, que teoricamente é simples, ela começou a sentir falta de ar e arritmia cardíaca. Devido a isso, o marido a levou para o hospital, mas a candidata sofreu uma parada cardíaca e não resistiu”, contou Eduardo Graboski, da organização.

Foto: Musa do Brasil/ Divulgação
Foto: Musa do Brasil/ Divulgação

Raquel Santos tinha 28 anos e representava o estado do Mato Grosso no concurso Musa do Brasil.
A modelo vai ser enterrada na tarde desta terça, em São Gonçalo, também na Região Metropolitana do Rio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.