Facebook
Facebook

Bruna Marsanovic de 21 anos está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave, em São Paulo, após ser espancada e torturada pelo ex-namorado João Paulo Borges, de 27 anos.

Além das agressões, a jovem caiu de uma altura de dez metros com ferimentos graves nas costas e na cabeça. Dois amigos foram socorrer a jovem.

Paula Marsanovic, mãe de Bruna, afirma que João Paulo era agressivo com a filha e outras pessoas. O casal estava separado havia dois meses.

Facebook
Facebook

Mesmo com as agressões durante o namoro, Bruna insistia em ajudar João Paulo a ser uma pessoa menos violenta.

Após uma série de cirurgias, a menina perdeu os movimentos do lado direito do corpo e corre risco de não voltar a andar.

Leia também:  Escolas privadas podem aderir ao Sistema de Avaliação da Educação Básica

A polícia ainda não sabe se Bruna pulou da janela para fugir ou se foi jogada. João Paulo fugiu e está foragido.

Depois de tentar matar a garota, João Paulo falou com o pai e disse que assassinou Bruna. No dia seguinte, conversou com um amigo por mensagem e teve informações sobre o estado de saúde da jovem. Ele respondeu com sarcasmo e enviou uma série de risadas.

Foto: Reprodução/ Rede Record
Foto: Reprodução/ Rede Record

 

João Paulo ainda mandou um recado por mensagem para o irmão de Bruna.

— Avisa sua mãe que ela não vai ter o prazer de me ver preso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.