A jovem Tainara Lacerda Santos, de 23 anos, morreu por causa de um infarto, na noite de segunda-feira (18), no Hospital Municipal de Santa Helena de Goiás, no sudoeste do estado. A família suspeita que ela passou mal após tomar um suplemento termogênico, que é usado para acelerar o metabolismo e perder peso.

Foto: Reprodução/ TV Anhanguera
Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Tia de Tainara, Lúcia Francisca Lacerda conta que a sobrinha começou a passar mal após chegar da academia. Ela reclamou de dores no peito e formigamento nas mãos. Ela foi levada ao hospital, mas não resistiu.

“Ela estava passando mal, ela estava suando. Aí, ela falou assim: ‘Tia, estou passando muito mal. Cheguei da academia e estou passando muito mal’. Aí eu falei: ‘Vai tomar um banho, trocar essa roupa da academia para você melhorar’. Ela tomou um banho, deitou no sofá e vomitou”, conta a tia.

Leia também:  Mais duas crianças morrem após incêndio e 43 pessoas seguem internadas

Lúcia disse que Tainara começou a usar a substância há um tempo, mas parou porque passou mal. No entanto, ela voltou a tomar o comprimido há uma semana, por conta própria. Ela comprou o suplemento em uma farmácia da cidade sem receita médica.

“Ainda perguntei: ´Tainara, quem te receitou? Foi receita médica?´. Ela disse: ‘Não, tia, foi uma colega minha que toma e me indicou’”, disse Lúcia.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que vai investigar a morte de Tainara. Laudos do Instituto Médico Legal devem apontar se a jovem teve o infarto em decorrência do consumo do suplemento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.