Uma mulher apontada como a principal fornecedora de droga na cidade de Alto Taquari foi presa no 1º dia do ano de 2016, por policiais da Delegacia da Polícia Civil. A suspeita, Paula Cristina de Souza, 20 anos, era investigada desde a prisão do primo, Waldinei Candial Rabello (veja abaixo), ocorrida recentemente no município.

Segundo as investigações, ela usava o primo para fazer a entrega de drogas na cidade. A jovem é natural de Rondonópolis e tem passagem no município por roubo.

CASO PRIMO

Waldinei Candial Rabello, 20 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil ao ser flagrado vendendo entorpecente, na região do lago municipal, no município de Alto Taquari (479 km ao Sul). A prisão foi efetuada pela equipe da Delegacia de Polícia, de novembro de 2015.

Leia também:  Operação Bairro Seguro é lançada em Rondonópolis

Ele foi autuado pelo crime de tráfico de drogas.

Ele foi identificado durante investigação para apurar pessoas envolvidas com o comércio de drogas da cidade.O acusado foi surpreendido quando fazia a venda da droga. No momento da abordagem, Waldinei tentou dispensar da mercadoria ilícita na calçada, porém acabou detido.

Diante do flagrante, os investigadores realizaram buscas na residência do suspeito, onde foram apreendidas diversas trouxinhas de pasta­base de cocaína e uma pequena quantidade de maconha que estavam escondidas em uma mochila dentro do tanque de lavar roupa, vários objetos sem comprovação fiscal, documentos de identidade e carteira de habilitação de usuários que adquiriram a droga “fiada”, além da quantia de R$ 200 em dinheiro.

Leia também:  Várzea Grande | Dupla acusada de roubar e tentar matar policial civil aposentado é presa

Conforme apurado, Waldinei saiu da cidade de Rondonópolis (212 km ao Sul), e estava em Alto Taquari há cerca de 30 dias para trabalhar em uma suposta fazenda. Entretanto, ele não soube informar o nome da fazenda. No celular do acusado, os policiais civis localizaram várias conversas referente ao comércio de droga.

Na época, Waldinei foi conduzido à Delegacia de Polícia e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado à Cadeia Publica de Alto Garças (357 km ao Sul). O acusado teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.