Desde 2013, quando uma lei do vereador Dr. Manoel da Silva Neto (PMDB) foi aprovada, é obrigatória a presença de socorristas em todos os clubes de Rondonópolis. O Corpo de Bombeiros, responsável pela expedição dos alvarás, fiscaliza os locais antes da entrega do documento.

Porém, na sessão desta quarta-feira (20), a 1ª ordinária do ano, o vereador Ibrahim Zaher (PSD), apresentou um artigo no projeto de Lei para que seja também obrigatório a presença de um salva-vidas nos pesque-pague do município. Em agosto de 2015, uma criança de apenas dois anos morreu afogada ao cair em um dos tanques de pesca do município.

De acordo com o vereador, principalmente aos fins de semana, é normal ver muitas famílias com crianças, onde os pais acabam se entretendo na pesca ou bebendo alguma coisa e perdem a atenção nos filhos. Ainda segundo ele, o salva-vidas iria trazer uma tranquilidade a mais até mesmo para o empresário.

Leia também:  Fabris se apresenta e nega ter cometido crime

Caso nenhum parlamentar peça vistas para o projeto, ele será votado no fim da tarde.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.