Divulgação
Divulgação

A polícia da Turquia está procurando uma refugiada síria que está enganando homens para se casar e depois desaparece levando os presentes de casamento.

A mulher, cujo nome verdadeiro não se sabe, acredita-se ter realizado o golpe contra três homens inocentes na Turquia.

No caso mais recente ela foi apresentada ao turco Riza Turkal, de 38 anos, por um organizador de casamentos que cobra cerca de R$ 20 mil pelos serviços.

 

Encantado com sua nova esposa, Riza foi apresentado aos supostos primos e irmão da mulher, que concordaram em fazer dela a esposa do rapaz que vive na cidade de Denizli.

No entanto, um dia após o casamento, Riza percebeu que a esposa tinha desaparecido junto com sua família e seus presentes de casamento que somavam a quantia de R$ 30 mil (incluindo moedas de ouro, dinheiro e joias dados pela família do noivo).

Leia também:  Marinha encontra 29 corpos dos 122 passageiros do avião que caiu em Mianmar

pós relatar o caso à polícia e entregar as fotos da cerimônia, ele descobriu que a mulher tinha realizado o mesmo golpe pelo menos duas vezes antes.

Ele reclamou que sequer teve sua noite de núpcias com a esposa, já que ele caiu em um sono profundo durante a cerimônia. Riza suspeita que a mulher possa tê-lo embebedado para conseguir fugir sem ser vista por ele.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.