O sonho do UFC de contar com Ronda Rousey para o evento especial de número 200, que acontecerá em 2 de julho deste ano, parece que não se concretizará. A afirmação é do próprio presidente da organização, Dana White, em entrevista ao “Yahoo Sports”, dos Estados Unidos.

De acordo com White, Ronda precisará de mais tempo para se recuperar, já que tem compromissos também fora do octógono – ela estrelará dois filmes. “As filmagens do filme a estão pressionado. Ela pode fazer os dois (filmar e lutar), mas a pergunta é: ‘Ela deve fazer os dois?’. Ela pode fazer os dois, mas por que faria? As filmagens terminarão antes do UFC 200, mas restará pouco tempo para cortar peso”.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Ronda Rousey estará nos filmes “Mile 22”, que ainda não tem título em português, e no remake de “Matador de Aluguel”, estrelado por Patrick Swayze em 1989. Além disso, a lutadora estrela um ensaio para a revista Sports Illustrated e será apresentadora do Saturday Night Live, tradicional programa norte-americano, em 23 de janeiro.

Depois de ser derrotada por Holly Holm no UFC 193, em novembro de 2015, Ronda não teve uma revanche imediata, e o motivo seria justamente para que ela tivesse tempo de se recuperar para o UFC 200.

Pressionando para lutar antes disso, Holly enfrentará Miesha Tate, no UFC 197, marcado para o dia 5 de março, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Essa será a segunda luta mais importante da noite, que terá Rafael Dos Anjos x Conor McGregor como combate principal.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador é suspenso temporariamente
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.