Tudo indica que a casa de João passou por uma revista - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Casa do pedreiro – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

João Gonçalves dos Santos morreu na manhã desta quinta-feira (28) durante uma troca de tiros com a Polícia Civil em sua residência localizada na avenida Batuira, no bairro Pedra 90, em Rondonópolis (MT).

A Polícia Civil está realizando a operação “Carga Máxima” com o apoio da Polícia Militar e ao cumprir um mandado de busca e apreensão na casa do pedreiro foi recebida com tiros. João recebeu um disparo na barriga e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu a caminho do Hospital Regional.

De acordo com a Polícia Civil, João era reincidente e tem passagem por homicídio.

A polícia apreendeu seis tabletes de entorpecente e três armas na residência do pedreiro.

Leia também:  Motorista morre em acidente entre caminhonete e carreta na BR-163

Levantamento Parcial

Em um levantamento parcial, durante a operação “Carga Máxima” já foram cumpridos 16 mandados de prisão, 20 mandados de busca e apreensão, 29 flagrantes, sete veículos e sete armas foram apreendidos. No total foram presos 41 suspeitos.

A operação está sendo realizada por 90 policiais civis com o apoio de 32 policiais militares em Rondonópolis (MT).

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.