Objetos apreendidos pela PJC- Foto : assessoria
Objetos apreendidos pela PJC- Foto : assessoria

Oito pessoas foram presas pela Polícia Judiciária Civil, no município de Sinop (500 km ao Norte), na operação denominada “Nocaute”, deflagrada nesta segunda-feira (18), para cumprimento de 20 mandados de busca e apreensão.

Na ação foram apreendidas quatro armas de fogo (dois revólveres, uma pistola e uma carabina), munições, mais de R$ 1 mil, em dinheiro, produtos eletroeletrônicos sem procedência como televisores, compressor e videogame, além de um automóvel que está sendo checado quanto à queixa de roubo e adulteração.

A operação, segundo o delegado Carlos Eduardo Muniz dos Santos, mobilizou cerca de 54 policiais de delegacias de seis municípios com objetivo de reprimir o tráfico de drogas, os crimes de roubos e furtos na cidade. “Foi uma operação com pontos previamente levantados como sendo locais de tráfico de drogas, com possíveis armas e produtos subtraídos”, disse.

Leia também:  Delegada dá detalhes sobre caso da mãe e crianças mantidas em cárcere privado em Rondonópolis

O delegado Marcelo Carvalho, que comanda a Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop, considerou importante a apreensão das armas de fogo, por serem usadas na prática de crimes. “Todas as prisões são importantes porque trata-se do tráfico de drogas e essas armas eram usadas em roubos. A tônica da Polícia Civil de Sinop será essas operações durante todo o ano e também as operações integradas da Segurança Pública”, destacou.

A ação foi coordenada pelos delegados Carlos Eduardo Muniz, Marcelo Carvalho e Flávio Souza Braga.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.