O presidente em exercício da Federação Matogrossense de Futebol, João Carlos Oliveira, esteve na tarde desta quarta-feira (20), em Belém-PA, para acompanhar o lançamento da Copa Verde 2016. Com o slogan “Nossa Copa, nosso verde”, o Estado de Mato Grosso será representado, pelo atual campeão da competição, Cuiabá e pelo Luverdense, melhor equipe de MT no ranking da CBF.

Crescendo cada vez mais no calendário esportivo no nacional, a Copa Verde, torneio que leva o campeão a Copa Sul Americana, será a primeira competição carbono zero do futebol brasileiro, com um pacote de iniciativas sustentáveis e compensação de todo o CO2 emitido durante o campeonato, organizado pela CBF.

Representando o Governo do Estado de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá, o presidente da FMF elogiou a iniciativa da CBF em realizar uma competição com um ideal sustentável. “Competições nacionais como essa são extremamente importantes para o crescimento do futebol fora dos grandes eixos, ainda mais esse ano que a Copa Verde terá diversas ações voltadas para desenvolvimento sustentável. De forma pioneira a CBF está desenvolvendo ações, que brevemente, outros países e entidades adotaram também em suas competições” – comentou João Carlos.

Leia também:  Academia é destaque em competição em Minas Gerais

Além de uma música para a Copa Verde e a compensação do carbono emitido durante a competição, a edição em 2016 contará ainda com uma mascote, a arara vermelha que representará a fauna nacional e o clube campeão da Copa Verde, além da taça, ganhará um troféu vivo, ou seja, terá uma árvore plantada em sua sede ou Centro de Treinamento. “Temos duas equipes que estarão preparadas para buscar esse titulo. Somos os atuais campeões e entraremos novamente na competição para alcançar a glória” – finalizou o presidente da FMF.

Outra particularidade da edição 2016 será o cartão verde, que será concedido aos jogadores que fizerem um ato de fair play dentro de campo. Neste ano, os cartões serão dados pelos comentaristas do Esporte Interativo (emissora que transmitirá a competição). A CBF pedirá autorização da FIFA para que o cartão verde seja distribuído pelos árbitros em 2017.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix

Participaram do lançamento o presidente da CBF, Antônio Carlos Nunes de Lima; governador do Pará, Simão Jatene; governador do Amazonas, José Melo de Oliveira; vice-governador do Espírito Santo, César Colnago, e pelo deputados Vicente Cândido, Roberto Gôes. A Copa Verde começa no dia 6 de fevereiro com os jogos da fase preliminar.

Os times mato-grossenses entrarão na 1ª fase da competição. O Cuiabá irá encarar o Comercial-MS e o Luverdense aguardará o vencedor da partida entre Vila Nova-GO x Brasília-DF.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.