Foto: reprodução Facebook / Gwinnett Jail Dogs
Foto: reprodução Facebook / Gwinnett Jail Dogs

Um projeto muito interessante permite que detentos adestrem cachorros que seriam sacrificados por terem tido comportamento violento.

A boa ideia é de um programa usado no condado de Gwinnett, no estado americano da Georgia, chamado Gwinnett Jail Dogs.

A iniciativa, criada em 2010 ensina uma profissão aos detentos, e quando reeduca os animais os livra do corredor da morte, ficando com pena de prisão perpétua.

Cada animal passa 12 semanas no presídio, onde recebe treinamento e cuidados como higiene e alimentação de um detento.

Três vezes por semana um adestrador visita o local e ensina aos presos detalhes sobre como treinar os cães.

 

O projeto contabiliza mais 200 cachorros adestrados,

Leia também:  OMS apoia decisão das Filipinas de suspender vacina contra dengue

Eles foram encaminhados para a adoção e ganharam a oportunidade de ter um novo lar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.