Energisa apresenta projeto para solucionar queda de energia no aeroporto- Foto: Assessoria
Energisa apresenta projeto para solucionar queda de energia no aeroporto- Foto: Assessoria

O secretário Municipal de Transporte e Trânsito, Argemiro Ferreira, se reuniu nesta sexta-feira (15), com representantes da empresa Energisa. O secretário requereu da empresa providências sobre as constantes quedas de energia, o que já teria motivado a queima do gerador do Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco. Em resposta, representantes da empresa apresentaram um projeto que resolverá o problema.

O supervisor de Obras da Energisa, Mardes Aparecido dos Santos, explicou que o aeroporto tem um alimentador de rede rural e que o projeto prevê a transferência para um urbano. Além disso, é necessária a troca do transformador, o que vai garantir mais confiabilidade da rede.

“Ficariam ligados na mesma rede a TBM e o aeroporto e para que o problema seja solucionado, a equipe precisará de 4 horas para a transferência de rede e troca do transformador. Também vamos verificar a possibilidade de fazermos a incorporação da rede para a Energisa. Se possível, faremos”, fala Mardes Santos.

Leia também:  Inscrições para desfile cívico de 7 de Setembro estão abertas

Feitas as explicações, o secretário autorizou os trabalhos previstos para acontecer no sábado, dia 23 de janeiro. “Teremos o acompanhamento de um eletricista para garantir que tudo correrá nos conformes. Assim que o serviço estiver concluído, os problemas de queda de energia no aeroporto serão solucionados”, explicou o supervisor de manutenção da Energisa, Fabrício Santana dos Santos.

Argemiro Ferreira disse estar satisfeito com a responsabilidade e seriedade com que a empresa resolveu o problema. “Mais uma conquista para o aeroporto. Esse trabalho deve proporcionar mais segurança aos usuários e à equipe que lá trabalha”, concluiu.

Participaram da reunião o Secretário de Transporte e Trânsito do Município, Argemiro Ferreira; a gerente de Departamento de Administração Aeroportuária, Daiane Tobias; o assessor administrativo da Setrat, Ataíde Nunes; o supervisor de Obras da Energisa, Mardes Aparecido dos Santos; o supervisor de Manutenção da Energisa, Fabrício Santana dos Santos; o supervisor de Operações da Energisa, Paulo de Oliveira, e; o coordenador Comercial da Energisa, Victor Monteiro.

Leia também:  Integrantes do MST devem ficar 10 dias acampados na fazenda de Blairo Maggi
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.